A blefaroplastia (ou cirurgia das pálpebras) é um procedimento estético que visa a remoção do excesso de pele e tratamento das bolsas gordurosas palpebrais superiores e inferiores, com o principal objetivo de conceder o rejuvenescimento do olhar e proporcionar ao rosto uma expressão mais harmoniosa, alegre e descansada.

 

Entenda melhor como funciona a cirurgia das pálpebras:

A intervenção leva, em média,  em torno de 1 hora a 1 hora e meia para ser concluída, sendo realizada sob anestesia local com ou sem sedação. O cirurgião marca o excesso de pele a ser removida e corta com o bisturi ou através do auxílio do laser de CO2, que ao mesmo tempo que faz cortes, também cauteriza a região.

Com essas técnicas atuais é possível obter melhores resultados, assim como ter uma recuperação muito mais rápida. A formação de hematomas e o inchaço é menor. A internação não é necessária e o paciente pode ir para casa com os olhos destapados, retomando grande parte de suas atividades diárias em 24-48 horas. O pós-operatório é, na maioria dos casos, indolor.

O cirurgião oculoplástico realiza alguns exames antes da blefaroplastia para comprovar se é possível fazer a cirurgia sem risco para a visão.

Assista o vídeo do nosso canal no YouTube sobre a cirurgia das pálpebras:

 

 

Leia também:

SBCPO

SBCPO

Fundada em 1974, a SBCPO – Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Ocular certifica cirurgiões especialistas em cirurgias palpebrais, vias lacrimais e de órbita.