Nariz, boca e olhos são portas de entrada para o coronavírus. A transmissão ocorre por gotículas; outra forma de contágio ocorre ao tocar objetos contaminados (por exemplo: maçaneta) e tocar olhos, nariz e boca em seguida. A COVID-19 pode causar conjuntivite em cerca de 1-3% das pessoas infectadas.

Assim, além de lavar as mãos com frequência e evitar aglomerações, devemos evitar tocar o rosto, incluindo os olhos. Caso não seja possível lavar as mãos com água e sabão, usar álcool gel. Cuidado adicional deve ser tomado principalmente com crianças, pois elas podem levar as mãos aos olhos logo após higienização com álcool gel, podendo causar irritação ocular.

Cuidados especiais também devem ser tomados por usuários de lentes de contato. Os cuidados de higiene devem ser redobrados e, preferencialmente, as lentes de contato devem ser substituídas por óculos durante o período de surto. Os óculos podem ainda servir como barreira, protegendo os olhos de gotículas respiratórias infectadas, e diminuem a chance de você tocar os olhos diretamente.

Resumo dos cuidados contra o coronavírus:

  • Lavar as mãos com frequência
  • Caso não seja possível lavar as mãos com água e sabão, usar álcool gel
  • Supervisionar o uso de álcool gel por crianças
  • Não tocar o rosto
  • Não tocar os olhos
  • Desinfetar superfícies potencialmente contaminadas (maçanetas etc.)
  • Substituir lentes de contato por óculos durante o período de surto

 

Leia também:

Dra. Tammy Osaki

Dra. Tammy Osaki

Oftalmologista - CRM-SP 122.012

Professora Afiliada e Chefe da Divisão de Oculoplástica, Depto. de Oftalmologia, Universidade Federal de São Paulo. Doutorado pela Universidade Federal de São Paulo. Parte de seu Doutorado foi realizado na Harvard Medical School / MEEI, Boston, EUA.