Uma mulher na Austrália começou a sentir  dor nos olhos quando descobriu um problema sério, segundo a revista Newsweek . Após usar rímel por 25 anos sem a devida remoção, ela desenvolveu uma reação em sua  conjuntiva ao rímel, que causou conjuntivite folicular. O rímel se acumulou e endureceu sob as pálpebras. A história da mulher foi amplamente divulgada depois que foi publicada na revista Ophthalmology.

A sensação que essa mulher experimentou pode ser melhor descrita como lixa arranhando o olho. A lixa acumulada, ou inchaços calcificados e escuros, arranhariam o globo ocular e a córnea  – a cúpula clara e redonda cobrindo a  íris e a pupila .

Embora esse caso seja incomum e a maioria desses arranhões se cure sem problemas de longo prazo, qualquer  arranhão na superfície do olho pode levar a uma infecção da córnea.

A maioria das maquiagens, incluindo rímel, geralmente é segura se você seguir a técnica correta para aplicação e manutenção. Aqui estão algumas dicas importantes de maquiagem:

  • Nunca compartilhe sua maquiagem dos olhos com os outros.
  • Lembre-se de sempre lavar seus pincéis de maquiagem regularmente.
  • Substitua a maquiagem dos olhos a cada três meses ou imediatamente se você tiver uma infecção ocular.
  • Preste atenção às datas de vencimento. Mascara pode promover o crescimento de bactérias e vírus.
  • Se rímel ou outra maquiagem dos olhos entrar no seu olho, tome cuidado para não esfregar o olho, pois isso pode causar irritação.

Se os sintomas persistirem, você deve ser avaliado por um oftalmologista o mais rápido possível.

 

SBCPO

American Academy of Ophthalmology

SBCPO

SBCPO

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Ocular