lesão avermelhada na pálpebra

O que pode ser a lesão avermelhada que está aumentando na pálpebra do meu bebê?

Se você notou o aparecimento de uma mancha avermelhada ou arroxeada, que começou a crescer na pálpebra do seu filho, consulte um oftalmologista especialista em pálpebras. Isso porque o seu filho pode ter uma lesão chamada hemangioma.

O que são hemangiomas?

Hemangiomas infantis ou simplesmente hemangiomas são tumores vasculares benignos. São os tumores benignos mais frequentes na região ao redor dos olhos na infância.

Quais são as características dos hemangiomas?

Essas lesões costumam apresentar uma evolução característica:

  1. aparecem no período perinatal;
  2. crescem durante a chamada fase proliferativa, principalmente no primeiro ano de vida e
  3. regridem completa ou parcialmente a taxas variadas.

É necessário tratar este tipo de lesão na pálpebra?

Dependendo das características específicas do hemangioma localizado na região das pálpebras, pode ser necessário tratamento.

Quais são os tipos de tratamento?

O tipo de tratamento vai depender de uma avaliação minuciosa das características da lesão, e inclui diversas modalidades desde observação clínica, medicamentos tópicos/ sistêmicos e até mesmo cirurgia em alguns casos.

O que devo fazer se meu filho apresenta hemangioma palpebral?

Crianças com hemangiomas na região periocular devem ser acompanhadas de perto, em conjunto pelo oftalmologista e pelo pediatra, para monitorar o crescimento e possíveis complicações que este tipo de lesão pode causar.

A SBCPO certifica oftalmologistas com expertise em tratar este tipo de lesão. Se o seu filho apresenta uma lesão na região das pálpebras com as características acima, procure por um profissional certificado pela SBCPO na sua região.


Leia também:


Acompanhe a SBCPO nas redes sociais:
Facebook | Instagram | YouTube

Dra. Tammy H. Osaki

Dra. Tammy H. Osaki

CRM-SP 122.012 - RQE 39.119

Professora da Pós-Graduação e Afiliada, Chefe do Setor de Oculoplástica do Departamento de Oftalmologia da UNIFESP / EPM. Pós-Doutorado e Doutorado pela UNIFESP. Parte do seu Doutorado foi realizado na Harvard Medical School / MEEI, Boston, EUA. Membro da diretoria da SBCPO.