Osaki MH, Osaki TH, Osaki T, Gameiro G, Belfort Jr R, Marie SKN. Orbicularis oculi morphological alterations in affected and non-affected sides in hemifacial spasm J Neuroophthalmol. 2020;40(2):193-197.

Espasmo hemifacial (EH) é uma doença caracterizada por espasmos involuntários dos músculos inervados pelo nervo facial ipsilateral. A maioria dos casos é unilateral e, embora o lado não afetado aparente ser clinicamente normal, não se sabe se esse lado pode ser considerado normal em relação aos achados histopatológicos. Nosso estudo avaliou e comparou objetivamente amostras de músculo orbicular oculi de pacientes com EH virgens de tratamento com toxina botulínica e pacientes normais, usando um software de imagem digital (Imagem J). Quando comparados aos controles normais, as áreas de tecido conjuntivo endomisial e perimisial eram significantemente maiores (p = 0, 015) no lado afetado, sugerindo que o EH está associado a alterações crônicas, levando à degeneração muscular. Observou-se que a densidade celular era significantemente menor no lado afetado (p = 0,028) e também no lado não afetado (p = 0,003), quando comparado aos controles normais, embora clinicamente não houvesse sinais ou sintomas de aumento da contração muscular no lado não afetado em nenhum dos pacientes estudados. Nossos achados sugerem que algum tipo de distúrbio da homeostase muscular pode estar presente em ambos os lados; no entanto, no lado não afetado, não seria substancial o suficiente para levar à degeneração muscular, como observado no lado afetado. Estudos adicionais com análise imunohistoquímica avaliando alterações metabólicas, degenerativas e regenerativas já estão sendo realizados pelo nosso grupo e podem adicionar contribuições relevantes para a melhor compreensão dessa condição.

Dra. Midori Osaki

Dra. Midori Osaki

Oftalmologista - CRM-SP 38981

Coordenadora Científica da Divisão de Oculoplástica do Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais da Universidade Federal de São Paulo - EPM/UNIFESP. Vice-presidente da SBCPO (gestão 2020-2021). Mestrado pela Universidade Federal de Sao Paulo.