Osaki MH, Osaki TH, Garcia DM, Osaki T, Gameiro GR, Belfort R Jr, Cruz AAV. An objective tool to measure the effect of botulinum toxin in blepharospasm and hemifacial spasm. Eur J Neurol 2020 Apr 15. doi: 10.1111/ene.14258. Online ahead of print.

É desafiador avaliar pacientes com blefaroespasmo essencial (BE) e espasmo hemifacial (EH) de forma objetiva, pois esses pacientes exibem movimentos palpebrais anômalos com uma ampla gama de amplitudes. Com o intuito de avaliar objetivamente os efeitos terapêuticos da toxina botulínica nesses pacientes, avaliamos a energia gerada pela pálpebra superior durante os movimentos palpebrais espontâneos antes e após o tratamento. Para quantificar esses movimentos, um algoritmo matemático (Fast Fourier Transform) foi usado para converter tempo em frequência. O resultado dessa quantificação representa a energia gerada durante os movimentos palpebrais. Estudamos 78 pálpebras de pacientes com BE e EH e observamos que a energia total gerada durante os movimentos palpebrais espontâneos foi significantemente menor após o tratamento com toxina botulínica nos pacientes com BE (p = 0,0018) e no lado afetado nos pacientes com EH (p = 0,0058). A avaliação da energia gerada pela pálpebra superior durante os movimentos palpebrais espontâneos nos permitiu avaliar de forma objetiva os efeitos terapêuticos da toxina botulínica em pacientes com essas condições. O uso desse sistema pode permitir ajustes personalizados das doses de toxina botulínica com base na clínica de cada paciente.

Dra. Midori Osaki

Dra. Midori Osaki

Oftalmologista - CRM-SP 38981

Coordenadora Científica da Divisão de Oculoplástica do Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais da Universidade Federal de São Paulo - EPM/UNIFESP. Vice-presidente da SBCPO (gestão 2020-2021). Mestrado pela Universidade Federal de Sao Paulo.

Artigos Científicos Comentados

An objective tool to measure the effect of botulinum toxin in blepharospasm and hemifacial spasm

Comentado por:
Midori Hentona Osaki

Orbicularis oculi morphological alterations in affected and non-affected sides in hemifacial spasm

Comentado por:
Midori Hentona Osaki

Immunohistochemical investigations of orbital infantile hemangiomas and adult encapsulated cavernous venous lesions (malformation versus hemangioma)

Comentado por:
Tammy Hentona Osaki

Analysis of blink activity and anomalous eyelid movements in patients with hemifacial spasm

Comentado por:
Tammy Hentona Osaki

Clinical and Radiological Evaluation of Periocular Infantile Hemangioma Treated With Oral Propranolol: A Case Series

Comentado por:
Maria Antonieta Ginguerra

Short-Incision Midface-Lift in Lower Blepharoplasty

Comentado por:
Roberto Limongi

Avanço do Músculo Frontal/Orbicular para correção da Ptose Palpebral: Revisão sistemática da literatura

Comentado por:
Patricia Akaishi

Frontalis Linkage Without Intraoperative Eyelid Elevation for the Management of Myopathic Ptosis

Comentado por:
Stefânia B. Diniz

A Comparative Study of Clinical vs. Digital Exophthalmometry Measurement Methods

Comentado por:
Allan Pieroni

Comentários a respeito da técnica de Rodriguez Barrios utilizada em Oculoplástica para a Correção da Exposição dos Implantes Orbitários

Comentado por:
Eduardo Jorge Carneiro Soares

Orbital inflammatory disease secondary to a single-dose administration of zoledronic acid for treatment of postmenopausal osteoporosis

Comentado por:
Fernando Procianoy

Characterization of Normal Mediolateral Angular Direction of Lower Eyelid Eyelashes in Different Age Groups

Comentado por:
Fernando Procianoy

Effect of Low-Concentration, Nonmydriatic Selective Alpha-Adrenergic Agonist Eyedrops on Upper Eyelid Position

Comentado por:
Fernando Procianoy

Intra and interobserver reliability of a modified distraction test based on digital images to assess lower eyelid horizontal tension

Comentado por:
Fernando Procianoy

Effects of Muller’s muscle-conjunctival resection for ptosis on ocular surface scores and dry eye symptoms

Comentado por:
Bruna Rymer

Mitomicina tópica em sondagem assistida por endoscópico para o tratamento da obstrução de duto nasolacrimal congênita em crianças

Comentado por:
Silvana A. Schellini