COVID-19

COMUNICADO SBCPO AOS SÓCIOS.

Diante do avanço da epidemia de COVID-19, o Conselho Federal de Medicina recomendou, na última sexta-feira, 20/03/2020, a suspensão das consultas médicas e procedimentos eletivos.

A exceção se restringe a consultas, exames e procedimentos cirúrgicos que, embora não-urgentes, poderiam causar dano ao paciente caso adiados.

 

A SBCPO RECOMENDA O ATENDIMENTO DAS SEGUINTES CONDIÇÕES:

 

– Revisão cirúrgica de até 1 mês de pós-operatório, que necessitem ser vistos, a critério médico

– Sinais ou sintomas de recidiva de TUMOR MALIGNO de anexos oculares em qualquer momento do pós-operatório (precoce ou tardio)

– DOR, OLHO VERMELHO, BAIXA DE VISÃO ou SENSAÇÃO DE CORPO ESTRANHO, não manejada adequadamente com lubrificantes

– Uso de lente de contato terapêutica 

– LAGOFTALMO/EXPOSIÇÃO OCULAR sintomáticos, cujo manejo clínico não é suficiente

– ENTRÓPIO ou TRIQUÍASE sintomáticos

– INFLAMAÇÃO/INFECÇÃO em atividade de anexos oculares (exceto calázio/hordéolo)

– Suspeita tumor maligno de anexos oculares

– Pós-operatório, mesmo tardio, de reconstrução de cavidade anoftálmica e via lacrimal com sinais de extrusão do implante ou silicone de via lacrimal

 

AS CIRURGIAS QUE DEVEM SER REALIZADAS NESSE PERÍODO SÃO:

  1. Tarsorrafia para proteção do globo ocular 
  2. Enucleação por tumores intraoculares
  3. Sutura e reconstrução da pálpebra em caso de trauma
  4. Drenagem de abscesso da órbita 
  5. Situações onde somente a cirurgia poderia evitar a perda visual.
  6. Biópsias em suspeita de tumores (a critério medico)
  7. Trauma de anexos oculares necessitando cirurgia

 

TELEATENDIMENTO:

– Pacientes em uso de corticoide sistêmico ou imunossuprimidos em pós-operatório ou por manejo de qualquer outra doença orbitária devem ser contactados por telefone para avaliação/reorientação se possível a distância;

– Pacientes de pós-operatório de enxerto dermo-gorduroso devem ser orientados/avaliados por telefone para sobre reepitelização superfície dérmica.

– Pacientes em acompanhamento até 1 ano de cirurgia por tumor maligno sem sinais de recidiva

 

OBSERVAÇÕES FINAIS:

– Sempre que possível, a critério médico, orientar pacientes a distância 

– Toda e qualquer orientação ao paciente deve ser registrada em prontuário médico, mesmo nos atendimentos a distância.

SBCPO

SBCPO

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Ocular